AUTO-SABOTAGEM, VOCÊ JÁ VIVENCIOU ISSO?

27 de julho de 2014

Você nunca vivenciou algo que planejou para realizar alguma atividade ou projeto de cunho pessoal ou profissional, que no momento que “quase” teve sucesso de completar esse objetivo, você de repente procrastinou, seguiu outro caminho ou até mesmo desviou da rota, para não ter sucesso na finalização?

Se sim, você pode ter sido vítima tua própria auto-sabotagem.

Na auto-sabotagem normalmente você não percebe conscientemente que está numa, mas inconscientemente você tem uma crença limitante que te amarra para não chegar no resultado desejado. Se dar conta disso é o primeiro passo para conseguir suplantar essas amarras.autosabotagem

Vou dar um exemplo do que aconteceu com uma cliente que desejava desesperadamente a perder peso. Vou chama-la de Márcia.

Pois bem, Márcia era uma pessoa muito decidida de si, e resolveu que necessitava perder uns 15 quilos, pois já estava perdendo as roupas e sua saúde não estava bem, pois tinha pressão alta. Ela era simpática e muito extrovertida. Tinha muitos amigos, mas não estava bem na sua vida pessoal e emocional.

Iniciamos as orientações e no começo foi muito bem, perdeu 10 quilos, as roupas voltaram a servir e sua alto estima melhorou bem. Só que aconteceu que os últimos 5 quilos ela começou a desleixar com a dieta. Não fazia direito e de fato não conseguiu finalizar essa dieta. Conversando melhor com ela resolvi, com o consentimento dela, em realizar técnicas de transe leve. Foi aí que veio a tona um tema que ela não gostava de se abrir e uma crença limitante veio a tona. “Mulheres bonitas são todas fúteis e não merece crédito para o sucesso.” Na verdade essa crença é que estava levando a auto-sabotar a própria dieta. Resolvemos re-significar essa crença dando exemplos de mulheres bonitas no mundo que tiveram bons resultados e muito sucesso, além de algumas ancoragens.

Com isso a re-impressão dessa crença auxiliou a finalizar a dieta com muito sucesso. Hoje Márcia é bem requisitada e desfruta de sucesso tanto financeiro como pessoal com um relacionamento estável maravilhoso.

Você já se percebeu entrando nesse tipo de cilada que as crenças limitantes impões uma auto-sabotagem para que você possa conquistar novos degrais de sucesso?

Percepção é o primeiro passo para que você possa “re-imprimir” uma crença limitante.

Convido você a pensar e refletir. O que faço que não consigo finalizar? O que proclastino? O que esqueço sem querer? O que saboto no meu dia a dia ou em situações que posso fazer, mas não o faço?

Uma boa semana para todos.

Deixe uma resposta