QUAL O SEU POR QUÊ?

4 de maio de 2015

UMA DAS PERGUNTAS MAIS PROFUNDAS QUE PODERÁ MUDAR O RUMO DO QUE VOCÊ FAZ AGORA É TER A CONSCIÊNCIA de qual o “POR QUÊ” da sua existência.

No inicio nascemos e somos bebês, completamente dependente dos nossos pais. Crescemos, estudamos e próximo dos 17-18 anos somos até meio “forçados” pelo sistema educacional a escolher o que vamos fazer no resto de nossas vidas. Será que estamos completamente preparados para tomar essa decisão?

Você conhece alguém que está ansioso para se aposentar e só então começar a viver? Será que essa pessoa viveu sua paixão ou somente sobreviveu para pagar as contas?

O que você mais gosta de fazer é coerente com o que você trabalha? Você realmente sente prazer no que faz? O tempo demora para passar e o que você mais quer é chega o final do expediente?

Como tartarugas marinhas retornam exatamente aos locais em que nasceram

E agora, de zero a 10 o quanto você vive intensamente a sua paixão? Você gosta do que faz? Se você pudesse voltar no tempo uns dez anos, o que você faria de diferente?

Qual a tua missão? O que mais te inspira para continuar seguir o que você faz?

Você estaria disposto a iniciar uma trajetória nova, se caso você não esteja satisfeito com o que faz? Quer construir algo diferente na tua vida? O que te prenderia a realizar essa nova missão? Nunca é tarde para novas mudanças.

Gostaria de finalizar esse post com um dizer de William Barclay (1907 – 1978) que foi um filosofo e escritor escocês:

“Existem na vida de cada um dois momentos mais importantes e incríveis: o dia do seu nascimento e o dia que você descobre o por quê.”

Uma boa semana a todos.

Deixe uma resposta