VOCÊ É COMPROMETIDO COM VOCÊ MESMO?

16 de agosto de 2015

QUANDO FALAMOS SOBRE MUDANÇAS O QUE NORMALMENTE VEM NA SUA CABEÇA? Segue abaixo alguns exemplos que coletei durante as sessões de Coaching que faço:

-Eu sempre fiz assim e deu certo, por que necessito mudar?
-Mudar é muito difícil.
-Sou muito velho para mudar.
-Será que necessito realizar essas mudanças?
-Tentei já realizar mudanças, mas com o tempo volta tudo como era antes.
-Sei que necessito mudar, mas não consigo.
-O que as pessoas vão falar de mim, com essas mudanças?

19

Primeira pergunta:

“Você sabe qual a mudança que você necessita fazer para que você possa atingir seus objetivos? “

Segunda pergunta:

“ De zero a dez, o quanto comprometido você está para realizar essas mudanças?”

É aí que o bicho pega.

Cobrar outras pessoas para que elas mudem, é fácil, mas cobrar você mesmo para realizar as mudanças é bem diferente.

Se você não consegue realizar as mudanças necessárias, pergunte para você mesmo: “O que eu ganho em não realizar as mudanças?”. Talvez com isso você poderá identificar um sabotador da sua própria mudança.

Lembre-se de nunca esquecer de se lembrar, toda a mudança começa com um pequeno passo. E um pequeno passo todo mundo pode dar, inclusive você.

Uma boa semana

Deixe uma resposta