PIRÂMIDE DO PROCESSO EVOLUTIVO – 1

19 de outubro de 2014

autodesenvolvimento2

Nas próximas semanas abordarei o assunto sobre a Pirâmide do processo evolutivo que foi desenvolvido por Robert Dilts e que ajudará entender melhor as fases da auto-evolução. De acordo com a etapa em que encontra o coachee o seu Coach terá um tipo de abordagem.

A base para um processo de coaching é o local seguro, isso é o coachee deve se sentir a vontade com o seu coach e ter um nível de rapport para que as sessões possam ser bem aproveitadas por ambas as partes.

Denomina-se Coaching Remediativo quando trabalha-se o ambiente (1º nível) e o comportamento (2º nível) do Coachee.

O nível do ambiente refere-se ao ambiente externo. O local de trabalho ou a convivência da pessoa que influencia ou é influenciado pelo coachee. As perguntas mais utilizadas que conecta com esse nível são: Onde? e Quando?

O nível do comportamento refere-se às ações e reações do indivíduo. Nesse nível as abordagens são focadas em como o coachee se comporta, suas ações e reações à determinadas situações.

Esses dois primeiros níveis o Coachee está consciente do que se passa.

Semana que vem abordarei os níveis da Pirâmide do processo evolutivo com a abordagem do Coaching Generativo.

Uma boa semana a todos.

Deixe uma resposta